terça-feira, 10 de junho de 2008

RAÇA DE PORTUGUESES!

Já chegou o dez de Junho, o dia da minha raça...
Tocam cornetas na rua, brilham medalhas na praça
Rolam já as merendas, na toalha da parada
Para depois das comendas, e Ordens de Torre e Espada
Na tribuna do galarim, entre veludo e cetim
Toca a banda da marinha, e o povo canta a valsinha...
........
REFRÃO
Encosta o teu peito ao meu, sente a comoção e chora
Ergue o olhar para o céu, que a gente não se vai embora
Quem és tu donde vens, conta-nos lá os teus feitos
Que eu nunca vi pátria assim, pequena e com tantos peitos
Rui Veloso/Carlos Tê

DIA DE PORTUGAL, COMUNIDADES PORTUGUESAS, CAMÕES E...DA RAÇA!
A Lingua Portuguesa tão rica, que tem uma definição para tudo, diz o que é:
Raça
Grupo de indivíduos pertencentes a um tronco comum e que apresentam particularidades análogas entre os membros da mesma espécie;

Agrupamento natural de indivíduos que apresentam um conjunto comum de caracteres hereditários, tais como a cor da pele, os traços do rosto, o tipo de cabelo, etc., que definem variações dentro da mesma espécie;

Grupo de ascendentes e descendentes de uma família, de uma tribo ou de um povo, cuja origem é um tronco comum, estirpe, geração, casta;

Grupo de indivíduos com origens étnicas, sociais ou linguísticas comuns.
Dicionário da Lingua Portuguesa Porto Editores


10 comentários :

LeniB disse...

lagartinha...obg pelo cartão...ficou lindo...
bjs

lagartinha disse...

lenib
Obrigada pela visita
bjs

o escriba disse...

Ana Lagartinha

Bem escolhida esta cantiga do Rui Veloso!!!
A entrada do dicionário é muito pertinente! Um post cheio de classe!!!
Aqui para as minhas bandas algarvias, quando os piquenos se tornam aborrecidos, as mães dizem "raça de moço que não se cala!"
Será que a "raça" está na moda outra vez?!

bjs
Esperança

lagartinha disse...

Esperança
Muito obrigada pelas suas palavras.
A raça Lusa não se devia deixar levar pelo medo de utilizar conceitos só porque foram adoptados por ideologias ultrapassadas.
Acho que o receio de voltar ao passado tem de ser completamente banido da cabeça das pessoas. O povo Português é muito mais inteligente que isso!
Um beijo

Fermelanidades disse...

É precisa é raça!

Desta vez o cavaquinho surpreendeu-me. Foi pelas vezes que escrevi que o homem não dizia nada que saisse fora da normalidade.

Abraço

lagartinha disse...

Fermelanidades
Seja bem aparecido! Foi abastecer a Espanha ou quê?
Faça o favor de passar no clube e veja lá se aceita o convite de autor...
Um abraço

ONDINHAS disse...

ai que eu gosto tanto de ouvir o Rui!!!

lagartinha disse...

Olá Ondinhas
Por aqui? Boa! Já agora dá uma volta por aí, pelos meus, claro!

Jorge P.G disse...

Esta designação tem provocado alguns protestos entre certas franjas da sociedade portuguesa.
Raça é tudo aquilo que o dicionário refere. Agora, quem quiser ver a expressão "Dia da Raça" com olhos de racismo... pode sempre fazê-lo. Eu, porém, não vou por aí.

Um abraço.

lagartinha disse...

Jorge
Penso que a questão levantada com o "dia da raça" era por ser usada no estado novo, mas sinceramente, eu também não vou por aí, muito menos pela questão do racismo...deixo isso para a Fernanda Câncio que ainda se espanta por ver um negro prestes a ganhar a corrida à casa branca.
Um abraço