sábado, 28 de junho de 2008

TAMBÉM TENHO DIREITO!

A Lagartinha vai passar toooodo o dia ao sol!
E vai beber muita água do Vimeiro, que a saúde está primeiro!

12 comentários :

o escriba disse...

Ana Lagartinha

Cuidado que o soleil pode alterar a sua bela cor verdinha...Aqui nas minhas bandas algarvias o calor tem sido sufocante. Só mesmo dentro de água!!!
Gosto muito das diversas poses da lagartinha nos bonecos que faz! É simplesmente delicioso!!!


bjs
Esperança

lagartinha disse...

Obrigada amiga Esperança
Eu moro relativamente perto da praia, mas em dias de muito calor fujo para o Vimeiro. É cerca de 10º mais fresquinho do que a Costa do Estoril por exemplo. O pior é que mesmo com quilos de protector, avermelhei um pouco. Nada que não se resolva e foi só por fora eheh.

Jorge P.G disse...

Já reparei que o tempo agora é mais para estar de papo para o ar do que a trabalhar!
Bela vida a desta lagartinha, de perna traçada à beira da piscina.
Cuidado co os ultra-violetas!

Abraço e beba muita água!

Esoj Odnuges disse...

Este teu blogue é tão verde que até fere a vista. Cruzes!

lagartinha disse...

Sr Calimero
A família anda a tentar pôr-me vermelha de vez...quase conseguíram, mas recuperei eheh. Nada como o dia seguinte, mais uma dose de raios solares e experimentar um novo protector solar, em tons de verde, claro!

lagartinha disse...

esoj
Pois,pois, é tramado! Essas piadas já estão gastas cá em casa...é que são 4 lampiões contra 1 lagartinha...mas adivinha lá quem ofusca mais?
Volta lá com mais farpas,que eu gosto!

Sophiamar disse...

Eheheheheh!!! Lagartita vermelhita? Nem pensar. Não te quero como os camaleões. Nunca mudes de cor. Os pobrezitos até mudar para evitarem os ataques do bicho homem mas tu não precisas disso.Estás bué de verde.Lindérrima! Olha, convida o Calimero a tomar um banhinho na piscina. Será que ele se afoga?

Deixo-te beijocas vermelhas.

Esoj Odnuges disse...

Era muito verde... veio o burro e comeu!

lagartinha disse...

Olá sophiamar
Mudar de cor eu??? Never! Green forever! Só apanhei um escaldãozito, mas já passou, que o verde impera!
Quanto ao amigo Calimero, li no Sino da Aldeia que afinal gosta mais do campo...verdade se diga, uma sombra fresquinha, sabe bem melhor que o sol tórrido a tentar mudar-nos a cor...
Um beijinho grande

lagartinha disse...

esoj
"A seguir à ingestão de alimentos que fermentam rapidamente, e.g. ervas ou alimentos concentrados, pode seguir-se a produção excessiva de gás no estômago, pois os burros não têm a capacidade de arrotar. Assim sendo, ao não conseguirem remover o gás do estômago, ocorre uma distensão gasosa deste órgão que pode ser potencialmente fatal e muito dolorosa (cólica). As cólicas ocorrem com alguma frequência nos burros."
É o que acontece aos burros que comem muito verde...

BlueVelvet disse...

Lagartinha, não oiças os lampiões: verde, verde e mais verde.
verde esperança,
verde ecológico,
verde SPORTING:)))
Veludinhos azuis

lagartinha disse...

bluvelevet
Verde para sempre!!!
Já pensaste mudar o nome pra...greenvelvet?...só uma ideia...